Para os homens que se cuidam, conselhos estéticos de um dermatologista

June 26, 2017

 

É indiscutível que as mulheres têm liderado a procura pelo mundo da estética nos últimos anos. Embora, atualmente cada vez mais homens tenham cuidados acrescidos com a sua aparência, as mulheres continuam à frente.

É curioso, percebermos que os homens possuem um conceito diferente de beleza. Preocupamo-nos muito em relação à queda de cabelo, não hesitando em colocar implantes capilares nos casos de alopécia. Esforçamo-nos em ginásios e tentamos seguir dietas adequadas para que a gordura, sobretudo na região abdominal, não se instale demasiado rápido. Mas as "rugas" ou a flacidez cutânea continuam a não ter muita importância. Normalmente, os homens sentem vergonha em realizar procedimentos para melhorar a aparência do seu rosto. Parece que a imagem de homem duro com a qual fomos educados vai contra o rejuvenescimento facial não invasivo.

No entanto, a tendência é mudar. Nos últimos 10 anos o número de homens que realizaram toxina botulínica (Botox®) aumentou mais de 300%. Cada vez mais CUIDAR-SE é considerado normal, abandonando-se a ideia de que isso é demasiado feminino. O ambiente de trabalho competitivo e o culto da imagem e da juventude tem feito com que cada vez  mais homens queiram estar no mercado com uma melhor aparência. A nossa exposição constante em redes sociais e sites tem feito com que a nossa imagem se torne cada vez mais pública, e desta forma forma tentamos não perder a oportunidade única de causar uma boa primeira impressão.

 

Assim sendo, sugiro algumas dicas para os homens que pretendem beneficiar dos avanços na dermatologia cosmética.

  1. Em 2017 chegou a Portugal um tratamento inovador e definitivo que permitirá colocar um ponto final na chamada “papada” ou duplo queixo. Através de uma injeção de Belkyra®, um produto que dissolve a membrana dos adipócitos,  poderá dizer adeus ao excesso de gordura localizada nesta região corporal.

  2. Os homens geralmente são avessos à utilização de cremes. No entanto a utilização de um creme hidratante com um antioxidante como a vitamina C  pode ajudar a obter uma pele mais luminosa.

  3. Se pratica actividades ao ar livre ou se a sua profissão implica uma exposição solar prolongada, o uso de fotoprotetor solar é essencial para evitar queimaduras solares e retardar o envelhecimento cutâneo.

  4. Revitalize a sua pele e elimine as suas imperfeições através de técnicas não-invasivas apropriadas. Os Lasers e a Luz Pulsada Intensa são muito eficazes para, de uma forma não agressiva, remover manchas, vasos sanguíneos dilatados, cicatrizes e obter uma pele fresca e luminosa. A mesoterapia e sessões de plasma rico em plaquetas, também podem ajudar a revitalizar a pele.

  5. A toxina botulínica (Botox®) é um bom tratamento para prevenir e tratar as rugas de expressão, se injectada de modo a que a expressão do paciente seja mantida. Na minha opinião, ela deve ser usada em doses baixas e de forma muito personalizada. Ao realizar a técnica é muito importante avaliar a posição das sobrancelhas nos homens. Um rosto feminino harmonioso tem sobrancelhas arqueadas, mantendo a distância máxima entre a porção central das mesmas e a pálpebra. No entanto, um homem atraente tem uma sobrancelha recta e há menos distância entre elas e a pálpebra superior. Portanto, a técnica de injeção é diferente em homens e mulheres.

  6. Para melhorar a flacidez sem cirurgia os novos fios tensores são uma boa solução. Os fios tensores podem ser inseridos na área que queremos "esticar" para produzir um efeito duplo: por um lado, um efeito mecânico tensor produzido pela ancoragem do fio à pele, e por outro, a indução da produção de colagénio pelo material que constitui o fio tensor aplicado.

  7. As pálpebras tendem a envelhecer de uma forma mais evidente, especialmente em determinados pacientes. Elas podem ser melhoradas com técnicas não invasivas, tais como uma blefaroplastia cirúrgica.

  8. O Mais Importante: CUIDAR DO SEU INTERIOR: não fumar, manter o peso adequado, cuidar da mente (yoga, meditação), comer de  forma saudável e praticar exercício físico. E não se esqueça dos exames regulares, especialmente com o médico de família (rastreio oncológico e avaliação de fatores de risco cardiovasculares, como a hipertensão arterial ou colesterol) e dermatologista (dermatoscopia e/ou mapeamento digital).

E o mesmo conselho que dou às mulheres, não tenha medo de envelhecer. A luta contra o envelhecimento perdemos desde o nascimento. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload